“É o Brasil no Guiness”, diz Constantino sobre o maior caso de corrupção da história

Ao comentar sobre a assinatura de acordos de leniência da Odebrecht e Braskem com EUA e Suíça e sobre a repercussão internacional do escândalo de corrupção envolvendo as empresas, o escritor Rodrigo Constantino disse “É o Brasil no Guiness Book! Finalmente somos recordistas em alguma coisa. Infelizmente, é coisa ruim, muito ruim”.

“Lula pode se orgulhar de seu bordão, e adaptá-lo para outro mais megalomaníaco ainda: nunca antes na história do mundo! Nunca houve um acordo tão vultuoso, fruto de uma propina tão astronômica!”, disse Constantino, em texto publicado em seu blog.

“E claro: nada disso seria possível sem o PT, sem o próprio Lula. Foi ele, com seu amigo Marcelo Odebrecht, que arquitetou os planos para que o “jeitinho brasileiro” fosse institucionalizado e aperfeiçoado num mega esquema de corrupção planetária. O Brasil ficou pequeno para tanta ambição”, completou.

 

Anúncios

Deixe uma resposta