Delação da Odebrecht implode de vez narrativa da ‘presidente honesta

por Baltazar Soares

Nos últimos tempos, quando a extrema-esquerda já havia percebido que o impeachment de Dilma seria inevitável, ela passou a uma narrativa alternativa, a de “Dilma Honesta”.

A despeito de a própria Gleisi Hoffmann ter dito em entrevista que reconhecia a corrupção em seu partido, e a despeito do fato de petistas frequentemente dizerem que “Lula roubou, mas roubou para o povo”, quando se tratava de Dilma eles sempre diziam: “Ela é honesta.” Até o humorista Rafinha Bastos, logo após o impeachment da petista, fez uma postagem dizendo que, “apesar de seus erros”, Dilma era pessoa íntegra…

Não colou, e vai colar menos ainda a partir de agora. As delações da Odebrecht estão jogando uma pá de cal em cima dessa narrativa e tudo indica que em breve nem os petistas a repetirão mais com muita convicção.

A ex-presidente que foi no mínimo cúmplice de tudo isso foi delatada e seu nome foi citado de forma explícita. Ela recebeu propina de forma direta, ela sabia de tudo o que acontecia nas relações entre governo e Odebrecht, ela sabia do esquema na Petrobrás… Não tem mais desculpas.

O importante é que ela não tem mais foro privilegiado.

Anúncios

Um comentário sobre “Delação da Odebrecht implode de vez narrativa da ‘presidente honesta

  1. Ela era chefe dentro da Petrobrás, a refinaria de Pasadena com o prejuízo que deu,o rombo ela deva ter ficado com algum,ai ela é honesta,me engana que eu gosto,é tão culpada quanto ao lularapio.

Deixe uma resposta