PT tenta ocupar CAS para atrapalhar o governo Temer. Resta saber se vão permitir…

Segundo coluna de Lauro Jardim, com sua influência política cada vez mais frágil. o PT , que hoje comanda duas comissões, vai ficar com apenas uma a partir do ano que vem.

Perderá a Comissão de Direitos Humanos (CDH) e a de Assuntos Econômicos (CAE), uma das mais importantes da Casa e que passará às mãos do PSDB, mais precisamente de Tasso Jereissati.

A esperança do partido de extrema-esquerda é a possibilidade de indicar um dos seus para presidir a Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Os petistas têm seus motivos.

A CAS pode oferecer oportunidades para atacar Michel Temer, já que a área social é uma das mais vulneráveis do atual governo. Um petista na presidência desse colegiado poderá incomodar muito a vida de Osmar Terra e até de Marcela Temer. O primeiro é o ministro de Desenvolvimento Social e a primeira-dama, madrinha do “Criança Feliz”, programa que está sob a pasta comandada por Terra.

Resta saber se os aliados de Temer vão permitir. Ou seja, se preparem para mais tensão nos bastidores.

Anúncios

Deixe uma resposta