Terror também no Brasil: membro do MBL é vítima de milícias pró-PT no RS

Um membro do MBL, do Rio Grande do Sul, foi violentamente agredido por milícias pró-PT na Assembléia Legislativa do Estado.

Alberto Tomasi conta: “Hoje vivi o totalitarismo e as ameaças de sindicalistas que pensam apenas nos seus benefícios. Estava chegando para acompanhar a votação do Pacote de Reestruturação do Estado, aqui na Assembleia Legislativa, quando um bando de trogloditas travestidos de sindicalistas me cercaram e então começaram as ameças, os cuspes e os tapas”.

A razão para o ataque é uma perseguição política nos moldes do nazismo e do marxismo, quando estas marcam adversários para serem atacados: “O motivo da agressividade desses canalhas: me identificaram como membro do MBL”.

Tomasi ainda questiona: “Onde está a liberdade das pessoas, quem esses marginais pensam que são para intimidar as pessoas que não concordam com suas ideias?”.

Veja o printscreen abaixo:

______________98c82e8c-7714-411f-acf0-c8773c8b9948

Anúncios

4 comentários sobre “Terror também no Brasil: membro do MBL é vítima de milícias pró-PT no RS

  1. Tá na hora de fazer valer a ordem nesse país sou da comunidade unidades de—‘planaltina—-Goiás luto pela minha comunidade mas o sindicato pelego só atrapalha conta com nosso grupo.

  2. Li na Internet que se o ex presidente Lula for preso todos os integrantes da MST e os militantes Pró-PT vão se suicidar. Aff, não vejo a hora disso acontecer!!!

Deixe uma resposta