Mídia usa eufemismo e chama terrorista de “atirador”

por Baltazar Soares

Nossa imprensa tem esse hábito terrível de aliviar para os criminosos, até mesmo para os terroristas, que são de longe o pior tipo de criminoso que existe. No caso da morte do embaixador russo, não foi diferente.

Boa parte da imprensa está tratando do caso com o termo “atirador”, evitando inclusive mencionar o fato de que o mesmo era muçulmano e que gritou “Allahu Akbar”, que significa “Alá é grande” em idioma árabe.

Atiradores são profissionais de elite ou esportistas. Quando nos referimos a pessoas que matam outras pessoas por questões políticas o termo aplicado é terrorista, ou no mínimo delinquente em casos menores.

O ataque ocorreu na Turquia e tem a óbvia pretensão de gerar um conflito de grandes proporções. O que os terroristas responsáveis por isso estão tentando é provocar uma reação ostensiva da Rússia, uma vez que já existe um clima de tensão global envolvendo a Turquia, a Síria e a Ucrânia.

Anúncios

3 comentários sobre “Mídia usa eufemismo e chama terrorista de “atirador”

  1. Voces sao uns caras nazistas e islamofobicos que nao tem respeito por essa religiao chamando a todos de terroristas. Porque nao chama de terroristas aos judeus que matam crianças palestinas na palestina, racistas???

Deixe uma resposta