Atitude arrogante e autoritária de Lula deve unir os procuradores

Por essa Lula não esperava. Após oficializar que moveu uma ação de danos morais contra o procurador Deltan Dallagnol (aquela onde ele pede ridículos R$ 1 milhão de indenização), a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), fez uma nota de apoio ao coordenador da Lava Jato.

A nota demonstra que os procuradores se uniram para defender Dallagnol contra a ação sem sentido de Lula e, pelo jeito, o ex-presidente arrogante terá ainda mais dificuldades pela frente.

Confira um trecho da nota da ANPR que reforça o apoio a Deltan:

Vale salientar, novamente, que os responsáveis pela Lava Jato têm sido exemplo sólido no cumprimento da lei de forma imparcial e técnica. A atuação da Força-tarefa fundamenta-se em provas robustas reunidas ao longo de mais de dois anos de investigações que se tornaram referência no Brasil e no mundo no que concerne o combate efetivo à corrupção, premiada nacional e internacionalmente.

O Ministério Público é um só, e o ataque pessoal a um de seus membros apenas acentua esta unidade. O procurador da República Deltan Dallagnol tem o respeito e o apoio de seus colegas de Ministério Público Federal ao conduzir-se de forma profissional e competente, nas investigações da Lava Jato. Nada nem ninguém afastará os membros do MPF do cumprimento equilibrado, impessoal e destemido de seus deveres.”

Fonte

Anúncios

3 comentários sobre “Atitude arrogante e autoritária de Lula deve unir os procuradores

  1. Todos, todos do Projeto Lava Jato representam o que os brasileiros clamam e desejam = um PAÍS decente onde se possa caminhar, trabalhar, estudar e criar os filhos sem temor – exemplo das escolas alemães, tchecas e outras mais. O povo precisa ter tranquilidade ao deixar os filhos nas escolas, sem serem molestados. Parabéns. Maria Luiza C.Malina

Deixe uma resposta para maria luiza de camargo malina Cancelar resposta