Round 3: Advogados de Lula partem para a briga

Quando não se tem fatos, apela-se para a ignorância. Ao menos é a estratégia empregada pelos advogados do ex-presidente petista. Na última segunda-feira (12/12), seus advogados voltaram a promover discussões sem sentido com Moro.

Dessa vez foi quando a engenheira da OAS Mariuza Marques prestava depoimento para o procurador Paulo Roberto Carvalho. Moro, sendo objetivo e querendo dar continuidade ao caso, retrucou uma das intervenções da defesa de Lula pedindo respeito aos defensores que realmente haviam se excedido.

O advogado Juarez Cirino, rebateu dizendo que Moro não merece respeito por se portar como acusador e não respeitar o defensor do acusado.

Ontem (14/12), outro round. Os advogados de Lula fizeram uma petição em que acusam Sérgio Moro de tratar a defesa do petista com falta de “urbanidade” (seja lá o que isso signifique…).

A peça rebate um despacho de Moro do dia anterior em que ele se manifestou dizendo que a defesa de Lula usa argumentos “desinformados” contra ele.

Moro fazia referência a uma queixa-crime movida por Lula, que pretende afastar o juiz da Lava Jato acusando-o de parcialidade, evidentemente, sem ter provas.

Os advogados de Lula continuam negando que a estratégia definida pelo chefe da ORCRIM seja passar para Moro a imagem de juiz parcial mas não é o que os fatos mostram.

“A única estratégia é observar a lei e não permitir abuso”, diz José Roberto Batochio, advogado contratado por Lula para promover a desordem no caso. Alguém consegue acreditar nisso?

 

Fonte

Anúncios

Um comentário sobre “Round 3: Advogados de Lula partem para a briga

  1. Em um JULGAMENTO, existe o JUIZ, A DEFESA, a ACUSAÇÃO , OS JURADOS e o RÉU. O JUIZ como Presidente tem o dever de alem de Presidir Comandar para que todos os fatos sejam apurados e todos sejam ouvidos cada um em seu TEMPO, sem permitir ABUSOS. Ora, se estes DEFENSORES, não respeitam nem o seu TEMPO, deveriam ser PUNIDOS com RIGOR em pelo menos serem AFASTADOS da FUNÇÕES ou serem PRESOS POR ESTAR PERTURBANDO O JULGAMENTO isso é que eu entendo de julgamento e pergunto porque isso não ACONTECEU AINDA ?

Deixe uma resposta