Investigação descobre mais fraudes envolvendo Lula. Desta vez no “Museu do Trabalhador”

A operação Hefesta descobriu mais uma fraude envolvendo Lula. A construtora que ganhou a licitação para construiu o Museu Lula, a CEI Eirelli, é uma empresa fantasma. Não tem empregados, maquinário ou sede.

“Foi firmado contrato de empreitada com uma empresa que não tinha nem maquinário já com valor superior ao que tinha sido aprovado em convênio e o primeiro ato desse contrato foi a elaboração desse projeto de execução”, disse a procuradora.

Mais uma para a conta da “alma mais honesta do país”.

Anúncios

Um comentário sobre “Investigação descobre mais fraudes envolvendo Lula. Desta vez no “Museu do Trabalhador”

Deixe uma resposta