Em derrota humilhante, Renan volta atrás e retira Lei Salva Lula de pauta 

Conforme a Folha, a tensão estava altíssima na discussão da Lei Salva Lula (de “abuso de autoridade) nesta quarta (14). Foi quando o presidente do Senado, Renan Calheiros, a retirou de pauta.

A medida foi tomada depois de muito debate acalorado entre os parlamentares que defendiam e os que eram contrários à votação da matéria ainda este ano.

O projeto de lei foi proposto pelo próprio Renan em julho deste ano com inspiração nas diversas tentativas de Lula em coagir o trabalho de Sérgio Moro. A proposta fingia querer lutar contra crimes de abuso de autoridade cometidos por membros dos três Poderes ou agentes públicos da União, Estados e municípios, mas sempre foi vaga para, no fundo, garantir impunidade de criminosos poderosos.

Mais cedo, Renan chegou a declarar que iria “trabalhar” para que o projeto fosse aprovado até o fim desta semana, quando termina o ano legislativo. O presidente do Senado tentava votar a matéria desde a semana passada.

Anúncios

10 comentários sobre “Em derrota humilhante, Renan volta atrás e retira Lei Salva Lula de pauta 

  1. Se os acusados da lava jato se dizem inocentes pois prestaram contas ao Tribunal Superior Eleitoral e foi aprovado, não seria o caso de se pedir uma investigação no Tribunal Superior Eleitoral?
    Pelo que estou entendendo os acusados estão responsabilizando o TSE.

  2. Vai morrer sem conseguir. Se isso for pra frente, a impunidade vai correr solta no Brasil. Já não é de hoje que isso acontece, mas esse projeto do Renan Canalha vai facilitar.

    1. O povo brasileiro é muito mansso! E a maioria não querem saber de política. Mas isso já está um absurdo! ….de elementos que se dizem político, mas na verdade eles só estão destruir o povo brasileiro.

  3. A banda vencida liderada por Renan, um colegiado congregando um mangote maldades pertencentes a diversos partidos. Ainda vão criar um clima para desenrolar está votação. Apesar da vigília de alguns contrários, podemos esperar alguma covardia, pois é assim como agem.

  4. As Autoridades brasileiras notoriamente no Judiciário e alguns bons executivos e legislativos, precisam urgentemente moralizar o país. Como está não dá pra continuar. Alguns maus políticos buscaram facilitar tudo o que tínhamos de austeridade, para implantar uma espécie de legalização da corrupção no nosso querido e falido Brasil. E olha, não fosse o surgimento da Operação Lava Jato da Policia Federal, do Ministério Público Federal e Justiça Federal, já estaríamos afundados num mar de corrupção fora de controles, atolados num sistema de ditadura comunista dos mais nocivos de todo o Planeta. O Brasil precisa mudar as regras que regem a política, buscando acabar com as aberrações de desigualdades entre um cidadão comum e um dito representante desse cidadão. Acho até mesmo que, acabar com o Voto Obrigatório seria uma grande saída para pôr fim a muitos vícios maléficos criados pelos políticos, para se auto beneficiarem. Acabar com o “Foro Privilegiado”, o qual é anti-constitucional vez que, a Constituição no seu primeiro artigo diz que todos somos iguais perante a Lei. Estipular novos parâmetros de baixas remunerações para todos os politicos e demais membros dos Três Poderes. Redução drásticas nessas remunerações que hoje são pagas aos nossos representantes, levará o país a um Superávit inimagivel. Acabar com todo e qualquer tipo de gratificação e que todos, arquem com seus custos individuais como Planos de Saúde, alugueis, viagens, e demais custeios e necessidades. O Brasil não aguenta mais essas discrepâncias de desigualdades, o povo está a cada dia mais sabedor e inteirado sobre as artimanhas criadas pelos atuais politicos, com um único intuito: se darem bem e se tornarem pessoas superiores aos seus representados. Basta de tanto menosprezo e de subestimar a inteligência de um povo. O povo está gradativamente deixando de ser acomodado de tanto confiar em seus representantes, os quais não souberam honrar tanta confiança dispensada inocentemente. O povo acordou e agora vai ditar as regras para que possamos restabelecer o crescimento do país. O Voto é a nossa arma principal. Viva a Democracia, Viva a cidadania, Viva o Amor à Patria, Viva o Patriotismo, Viva o Brasil e Viva o povo brasileiro, unido e aguerido.

  5. esse safado do Renan não tirou nada por conta dele, ele foi obrigado a retirar isso sim porque o S.T.F acatou o pedido que o Bolsonaro filho deu entrada justamente para coibir essa atitude do Renan tentar se salvar junto com os ladrões amigos dele como o Lula e companhia.

Deixe uma resposta