Dayse, vencedora do MasterChef Brasil, diz que “não quer ser símbolo feminista” e faz a esquerda chorar

Jornalistas e os proprios jurados do programa MasterChef tentaram transformar a vitória da participante Dayse em uma vitória do feminismo, mas a vencedora do programa fez questão de ir contra essa narrativa criada em torno dela, e fez a esquerda chorar.

Com o troféu nas mãos, Dayse disse esperar que sua trajetória não seja transformada em um “símbolo do feminismo” porque ela não é uma feminista.

“A pessoa só é ofendida se ela se sente ofendida. O importante é ser quem você é”, completou a vencedora, em meio a agitação do momento.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Dayse, vencedora do MasterChef Brasil, diz que “não quer ser símbolo feminista” e faz a esquerda chorar

Deixe uma resposta