Vitória do povo: Jean Wyllys pode ter mandato suspenso por até quatro meses, diz relator

O relator do caso de Jean Wyllys no Conselho de Ética, Ricardo Izar (PP), vai recomendar suspensão do mandato do deputado do PSOL em virtude do caso ocorrido em 17 de abril, quando o mesmo cuspiu no rosto do também deputado federal Jair Bolsonaro.

O caso aconteceu durante a votação de aprovação do processo de impeachment. Os dois deputados, que se opõem, acabaram se estranhando e trocando provocações, mas Jean partiu para a ignorância e cuspiu em seu adversário, mostrando-se intolerante e irritadiço.

A sessão ocorre nesse momento, mas a votação não deve ser realizada nesta terça-feira. Há pedido de vista de Júlio Delgado (PPS-MG). O relatório será lido em breve.

Anúncios

6 comentários sobre “Vitória do povo: Jean Wyllys pode ter mandato suspenso por até quatro meses, diz relator

  1. Não dá para entender… Qual cusparada e mais ilegal e obscena, a do Jean o às que estão sendo dadas a cara do povo. É para se rir? Kkkkkk. Ou na cara dos parlamentares,apesar de serem de pau, o ato fica mais indecoroso…?

  2. Não gosto desse Deputado por suas posturas, porém eu ñ consigo entender um País mergulhado em corrupção preocupado com a saliva q foi jogada em outro coleguinha, e aa mesmo tempo temos um pseudo presidente cagando na cabeça de todos os Brasileiros e Brasileiras.

Deixe uma resposta