Roberto Justus: “O Brasil precisa sair das mãos dos políticos”

Em entrevista cedida ao Estadão, o empresário e publicitário Roberto Justus admite entrar na disputa presidencial em 2018. Afirma que ainda não se decidiu, mas diz que a ineficiência e corrupção fizeram a população se cansar dos políticos. “O Brasil precisa sair das mãos deles”, reforça. Depois das vitórias de Donald Trump e João Doria, apresentadores, como ele, do programa O Aprendiz, Justus sabe que a comparação é inevitável. Não liga e diz que gostaria de ter debatido com o presidente americano eleito: “Eu o destruía em cinco minutos”, diz.

Justus acredita ainda que é necessário tirar os políticos do poder. “Eu não vejo nenhum político que possa vir a estar lá (na Presidência) daqui a dois anos, que possa fazer o Brasil pensar grande”, afirma.

Sobre a Lava Jato, o empresário diz apoiar integralmente e acha sensacional pois “veio para ser um marco na história”.

O apresentador afirma ainda que Donald Trump e João Doria, votos brancos, nulos e abstenções, que foram os grandes vencedores das últimas eleições. Em sua visão, “as pessoas chegaram ao limite do cansaço de ficar ouvindo político falar”.

Sobre a corrupção, ele diz que “adoraria ver o Brasil privatizando Petrobrás, Banco do Brasil, Caixa. Diriam: esse cara é louco. Mas eu e todos os empresários faríamos isso. Se a gente tivesse a Petrobrás na mão da iniciativa privada, não ia ter corrupção lá dentro”.

Sobre a polêmica eleição de Trump, Justus analisa que o magnata “estava despreparado e teria sido eleito muito mais facilmente se não tivesse apelado tanto. Não sou o cara mais politicamente correto do planeta, mas essas bobagens que ele falou…Partiu para um caminho que dava vergonha alheia. Queria estar naquele debate. Não que me ache grande coisa, mas destruía Trump em cinco minutos”.

Fonte

Anúncios

18 comentários sobre “Roberto Justus: “O Brasil precisa sair das mãos dos políticos”

    1. Eu já não votaria nele de cara,falar que se a Petrobras se tornasse privada não teria corrupção é mentira, já está falando igual a político. Me fala da Odebrecht então …!!! Não tem corrupção onde tem honestidade simples assim!!!

      1. Justus, então responsável,da Vale Rio doce!!!

        Foi privatizada a preço de banana 2 bilhões e logo estava faturando isso por mês !

        Já está falando bobagem

  1. Justos , que Deus te dê coragem para essa missão tão árdua , de ser Presidente dessa nação ! Que ELE te abençoe e te proteja desde já , para que você tome a decisão mais acertada! Votaria sim em você !😉

  2. Eu tambem acho que a nossa política ja esta fesgastada com estes políticos safados deveriamos mudar colocar la dentro pessoas serias e onestas roberto justos seria uma otima opção pra quem ja apostou em lula e dilma renan calheiros e michel temer

  3. Nao sei nao mas acho que o servico publico ja vem perdendo a credibilidade pela pessima administracao, ai o povo acaba optando pela pessoa que tem o perfil mais formado “para administrar” do que para “ser politico”. Quando vice trabalha em uma Corporacao voce passa a entender que quem e muito politico e o que menos se preocupa em trabalhar para produzir e mais em agradar a maioria que estrategicamente lhe favorece. Porque isso nao seria pior no setor publico ja que comprometimento com resultado nao se tem nenhum e o qur vale e que no quinto dia util sempre esta na conta? Alguem da iniciativa privada tem que assumir mesmo ai a gente para de ter o Estado como uma vaca que todo mundo mama pra ser a maquina que deveria ser.

Deixe uma resposta