Primeira-dama petista do Ceará, esposa de Camilo Santana, é indiciada pela PF. Suspeita é de compra de votos

A primeira-dama do Ceará, Onélia Leite Santana, esposa do governador petista Camilo Santana, foi indiciada pela Polícia Federal por compra de votos na cidade de Barbalha, neste ano.

Onélia disse que nunca participou de qualquer prática ilícita e que pauta sua vida pela “correção nos atos e respeito às leis”.

“A respeito da informação de indiciamento envolvendo meu nome em inquérito de suposta compra de votos na última eleição, em Barbalha, esclareço que jamais participei de qualquer prática ilícita, a qual repudio de forma veemente.
Tenho pautado minha vida pela correção nos atos e respeito às leis. Os últimos dois anos tenho dedicado todos os meus momentos, de forma voluntária e incansável, ao desenvolvimento de projetos sociais.
Um compromisso que assumi e que irei cumprir com muito zelo e dedicação.” Diz a primeira-dama em nota.

Estamos sabendo, senhora petista.

Anúncios

Deixe uma resposta