Em Cuiabá: Milícias de extrema-esquerda atearam fogo em pneus e trancaram avenida em protesto pró-PT

De acordo com o G1, um trecho da Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, ficou interditado na manhã desta terça-feira (13) depois que milicianos ligados ao PT atearam fogo em pneus na pista. Segundo a Polícia Militar, o grupo fez uma barricada com os pneus e fugiu do local após colocar fogo.

Os militantes protestaram contra a tramitação da PEC-55, em tramitação no Senado, que prevê limitação de despesas do governo de acordo com a arrecadação, uma proposta que age dento da Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os pneus foram colocados no sentido Centro/Bairro, perto da entrada da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Os bombeiros receberam a informação de que militantes que atuam dentro da universidade federal colocaram fogo em pneus. No entanto, quando a PM e os bombeiros chegaram ao local, não havia ninguém, todos já haviam fugido.

Alguns dos motoristas que passavam pela avenida se arriscaram a continuar o trajeto no trecho onde não havia pneus. As chamas foram apagadas e a pista passou por limpeza. Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) orientaram os motoristas e fizeram o controle do tráfego de veículos pela avenida. O trânsito voltou a fluir normalmente após a retirada dos pneus da pista.

Anúncios

2 comentários sobre “Em Cuiabá: Milícias de extrema-esquerda atearam fogo em pneus e trancaram avenida em protesto pró-PT

    1. O povo cuiabano repudia os universitários que fizeram, os próprios professores do Núcleo de Ciencias Humanas são contra esse ato de vandalismo. Sou testemunha e posso dizer que tal ato é de responsabilidade de extrema minoria que não fala e nem age em nome da coletividade, no entanto pode-se dizer, através da aprovação da PEC, que é pra frente que o Brasil anda.

Deixe uma resposta