Marchezan lacra e não garante que verbas públicas serão torradas no Carnaval 2017

De acordo com o Diário Gaúcho, o prefeito eleito de Porto Alegre, Nelson Marchezan, sugeriu em entrevista que o Carnaval de 2017 provavelmente não receberá repasses da prefeitura.

Ele preferiu não bater o martelo, ainda, porque disse que precisa primeiramente assumir e, depois de ter a prefeitura na mão, saber como estão de fato as finanças. Porto Alegre ficou por mais de duas décadas na mão da mesma turma e muitas contas podem ter sido maquiadas, caberá a ele antes de mais nada verificar a situação das contas.

“Vai ser bastante difícil a gente arcar com isso (o valor relativo aos repasses) no ano que vem. Temos que jogar com transparência, até para não criar falsas expectativas. Temos uma série de necessidades (na prefeitura) que não estão sendo atendidas”, disse Marchezan sobre a possibilidade de repasse para o Carnaval.

De acordo com o coordenador financeiro da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), Anderson Petersen, não há dinheiro em caixa para fazer o repasse ainda neste ano. Atualmente, a Secretaria Municipal da Fazenda avalia se o município tem capacidade de repassar R$ 24 mil à Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa) – R$ 1 mil para cada escola – e formalizar o convênio. O restante do valor estaria previsto para o próximo ano, mas o novo prefeito teria autonomia para rever ou cancelar a previsão.

Anúncios

Deixe uma resposta