Campanha feminista promove o fascismo cultural contra quem pensa diferente

Uma ridícula campanha feminista foi feita, nas redes sociais, para promover o fascismo cultural. A ideia é que mulheres postem reclamações absurdamente banais sobre seus namorados e ex-namorados, ou mesmo ex-maridos, e embaixo coloquem a hashtag #MasEleNuncaMeBateu.

Dê uma olhada em alguns exemplos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

A tal campanha tem o claro interesse de incitar a misandria, que é o ódio por homens. Boa parte das reclamações postadas são tão banais quanto as de cima, dando a impressão de que somente o sexo masculino comete atos bobos ou estúpidos como os que são citados.

Outro ponto ainda pior dessa campanha é que ela minimiza a violência física, equiparando uma agressão real com banalidades cotidianas. Os movimentos feministas estão tentando passar a ideia de que gritar com alguém ou discordar de uma pessoa tem o mesmo peso de uma violência literal e física contra outro ser humano.

É uma postura repulsiva e tem a óbvia finalidade de promover perseguição política.

Anúncios

3 comentários sobre “Campanha feminista promove o fascismo cultural contra quem pensa diferente

  1. Dividir para conquistar, desunem a sociedade para atacar, melhor coisa na estratégia é separar o grupo e atacar um por um, sem a força do coletivo a sociedade perde capacidade de defesa e requerer o que é melhor para si.

Deixe uma resposta