Historiador defende Lava Jato e diz que “crise entre Legislativo e Judiciário é a maior da história recente do país”

Boris Fausto, autor de História do Brasil 1, livro referência nos vestibulares, disse em entrevista à BBC Brasil que “Com essa gravidade e este impacto, a crise entre Legislativo e Judiciário é a maior da história recente do país”.

O historiador e cientista social, que acumula diversos prêmios de literatura. falava do atual cenário político, por conta da recusa do senador Renan Calheiros em obedecer a uma decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na visão de Fausto, a forma como a crise se resolveu “É um arranjo estranho. Uma fórmula para diminuir o fogo da crise. Mas não elimina a crise”.

Perguntado sobre a Lava Jato, o historiador elogiou a Operação mas mostrou preocupação por que, segundo ele, “até aqui, dizia-se que as instituições estavam preservadas e que o trabalho da Lava Jato prosseguia. Mas, agora, ultrapassamos este momento, e a harmonia entre poderes começa a ruir. Isso ocorre justamente quando todas as apurações [sobre corrupção] que vêm desde o impeachment estão se processando. É uma situação de enorme desestabilidade”.

Fonte

Anúncios

Deixe uma resposta