É golpe ou não é? PT e movimentos petistas pedem impeachment de Temer

O PT pretende protocolar nesta quinta-feira, 8, mais um pedido de impeachment do presidente Michel Temer. A grande piada é que o partido quer fazer isso com base no caso denunciado pelo ex-ministro da Cultural Marcelo Calero, aquele que o próprio ex-ministro acabou nunca provando.

O pedido é protocolado na Câmara dos Deputados. É preciso que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aceite o pedido para dar início a um processo. Graças a uma manobra petista realizada no ano passado, com intuito de salvar Dilma, só o presidente da Câmara é quem pode ou não aceitar a requisição.

Além dos movimentos óbvios como MST, UNE, MTST e CUT, o documento é assinado também por grupos como Fora do Eixo e Mídia Ninja, coletivos que são acusados por ex-integrantes de crimes gravíssimos como tentativa de estupro, trabalho análogo a escravidão, entre outras coisas. A ANPG e a CONAM também assinaram a peça.

Anúncios

Um comentário sobre “É golpe ou não é? PT e movimentos petistas pedem impeachment de Temer

  1. Muito bom. Oportunistas estão querendo aproveitar a indignação geral (pra lá de pertinente) para direcionar cursos da história a seus favor.

Deixe uma resposta