Vital do Rego, investigado pela Lava-Jato, é relator de processos no TCU

Vital do Rego, relator de processos no TCU é alvo da Lava Jato, suspeito de ter negociado propinas de fornecedores da Petrobras para protege-los da CPI que investigava irregularidades na estatal. O fato de Vital ser relator de processos da Petrobras no TCU evidencia um claro conflito de interesses.

Vital do Rego deveria deixar as relatorias, mas não o fez até o momento, e os procuradores de contas querem ele saia.

Eis a nota:

A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS, AMPCON, entidade de âmbito nacional que representa os membros do Ministério Público de Contas junto aos 34 Tribunais de Contas do Brasil, manifesta sua profunda preocupação com as graves notícias recentemente publicadas pela imprensa brasileira a respeito de investigações em curso e procedimentos de busca e apreensão relacionados ao Ministro do TCU Vital do Rego no âmbito da operação Lava Jato.

Sem nenhum prejulgamento da conduta do Ministro Vital do Rego enquanto ainda Senador e tendo em vista que as notícias publicadas dão conta de que as investigações têm por foco a atuação do referido magistrado enquanto ainda exercia atividade parlamentar como Presidente da CPMI da Petrobrás, requer a AMPCON ao próprio Ministro e a todo o TCU, como medida de prudência para proteção da credibilidade dos julgamentos do Tribunal de Contas da União e da confiança que nele deposita a sociedade brasileira, que Sua Excelência deixe a relatoria e o julgamento de todos os processos envolvendo as empresas do Grupo Petrobras até que os fatos estejam completamente esclarecidos.

Brasília, 7 de dezembro de 2016.

Anúncios

Deixe uma resposta