Renan Calheiros fica: STF decide que Marco Aurélio estava errado

O Supremo Tribunal Federal decidiu que a liminar emitida por Marco Aurélio, na segunda-feira, é inválida. Renan Calheiros fica no cargo de presidente do Senado e terá direito a apresentar sua defesa.

O decano da casa, Celso de Melo, foi o primeiro ministro a votar pela permanência do senador. O placar ficou em 6 votos a favor de Renan e apenas 3 contra.

Anúncios

2 comentários sobre “Renan Calheiros fica: STF decide que Marco Aurélio estava errado

  1. Lamentável a postura do MBL nesta nojeira.
    Meu voto para vereador de São Paulo foi para Fernando Holiday, com o objetivo de renovar o quadro de vereadores da Câmara Municipal de São Paulo.
    Confesso que começo a me decepcionar, pois vocês estão colocando como prioridade a defesa das idéias de um ministro da Suprema Corte e colocando os interesses do Brasil, em segundo plano.
    A gratidão é nobre, mas não esta que vocês estão exercendo.
    Se querem entrar para a vida pública não podem ser corporativistas.
    Não pensei que me decepcionaria com vocês tão cedo assim.

Deixe uma resposta