Ranking da educação mostra que Brasil precisa de urgente reforma no Ensino Médio

O Brasil, mantendo seu histórico dos últimos 13 anos, está no final da lista entre os 70 países avaliados pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), cujo resultado foi divulgado nesta terça-feira, 6, pela Organização para a Cooperação do Desenvolvimento Econômico (OCDE), com análises em relação ao ensino de leitura, Ciências e Matemática.

Abaixo, os resultados resumidos pelo Estadão:

  • Mais de 70% dos alunos brasileiros entre 15 e 16 anos não alcançam nem sequer o nível básico de proficiência em Matemática, isto é, são incapazes de resolver problemas simples envolvendo números.
  • Em Ciências, mais de 56% dos brasileiros entre 15 e 16 anos só conseguem resolver questões de baixa exigência cognitiva. O escore médio nacional é de 401 pontos.
  • 51% dos estudantes pesquisados estão abaixo do nível considerado aceitável para o exercício da cidadania: não conseguem, por exemplo, reconhecer a ideia principal ou interpretar fatores implícitos do texto, ou seja, são considerados analfabetos funcionais.

Questionado sobre o tema, o ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que os resultados apresentados pelo PISA são uma “tragédia”. O ministro diz que “ao longo de 12 anos, o orçamento do MEC mais que triplicou, passando de R$ 43 bilhões para R$ 130 bilhões, sem reflexo direto na melhoria do ensino” e conclui que “Alguma coisa está errada”.

Concordam com ele?

Está claro que o Brasil precisa urgentemente de uma reforma no ensino médio, ao contrário do que a esquerda insiste em dizer e lutar irracionalmente.

Fonte

Anúncios

Deixe uma resposta