Marco Aurélio Mello cobra pressa no início da comissão do impeachment de Temer

Marco Aurélio Mello, ministro do STF famoso por suas decisões exóticas e manobras golpitas, pediu explicações à Câmara dos Deputados sobre a demora no início da comissão do impeachment do presidente Michel Temer. Na prática, pediu urgência.

Essa história é antiga. No início de abril de 2016, Marco Aurélio determinou que o então presidente da Casa, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), instalasse a comissão especial para tratar do processo contra Temer. Até o momento, a comissão ainda não tem integrantes suficientes indicados. A Câmara tem até 10 dias úteis para responder à cobrança do ministro golpista.

A ação contra o presidente tem as mesmas acusações usadas contra Dilma Rousseff.

O despacho foi enviado na 3ª feira (6.dez). Segundo o regimento interno da Câmara, cabe aos líderes de bancada indicarem os integrantes das comissões temporárias. O que é curioso uma vez que, na ocasião da cassação de Dilma, Marco Aurélio Mello dizia incisivamente que as argumentações contra a ex-presidente petista eram vazias.

Até quando essa briga de egos entre os poderes continuará? O Brasil precisa que isso acabe para que possa retomar seu crescimento.

Fonte

Anúncios

Deixe uma resposta