Janot fecha com Marco Aurélio

Em sua fala durante a apreciação da liminar que afasta de Renan Calheiros da presidência do Senado, o Procurador-Geral da República Rodrigo Janot seguiu a mesma linha do ministro do STF Marco Aurélio de Mello.

“Faz-se necessário afastar de imediato o réu Renan Calheiros da presidência do Senado”, disse o chefe da PGR. Ele ainda afirmou ainda que réus não podem ocupar nenhum dos cargos da linha sucessória, já que não é admissível que um réu assuma a chefia do Estado.

Ainda segundo Janot, não há atrito institucional ou crise. Para ele, o afastamento de Renan se dá justamente pelo pleno funcionamento das instituições.

O julgamento segue.

Anúncios

Deixe uma resposta