Extrema-esquerda em crise: Boulos, líder do movimento terrorista MTST, ataca Jorge Viana

O líder do MTST, grupo terrorista ligado ao PT que tem como hábito invadir propriedades e provocar destruição de patrimônio público e privado, atacou o também petista Jorge Viana, vice-presidente do Senado.

O que motivou a crítica de Boulos foi a aparente traição de Viana, que teve a chance de assumir a presidência do Senado ontem, após a decisão do ministro Marco Aurélio (STF) que exigia sua saída imediata do cargo. Para Guilherme Boulos, Jorge Viana deveria ter assumido o posto e travado as pautas mais importantes da casa, como a PEC 55 e a discussão sobre o fim do foro privilegiado.

Boulos chamou Jorge Viana de covarde. Veja:

15390728_451234438333772_8137384029290624970_n.png

Anúncios

2 comentários sobre “Extrema-esquerda em crise: Boulos, líder do movimento terrorista MTST, ataca Jorge Viana

  1. Quem não dorme deve ser Lula atolado até o pescoço na corrupção e chefe de quadrilha não tem quem dorme direito só de pensar no japonês dá federal as 6 dá manhã batendo só seu apto deve ser de csgar

Deixe uma resposta