Ex-presidente do IBGE aponta: A crise era maior do que o governo Dilma mostrava

De acordo com o ex-presidente do IBGE, o professor Simon Schwartzman, dados novos sobre desemprego que o instituto divulgou mostram que o número de desempregados no Brasil não é de 11,6 milhões, como se diz: “Mas, na verdade, o dobro disto.”

É que, além desse número oficial de desempregados, há 4,8 milhões de trabalhadores sub-ocupados e 6,2 milhões de trabalhadores potenciais.

Anúncios

Um comentário sobre “Ex-presidente do IBGE aponta: A crise era maior do que o governo Dilma mostrava

Deixe uma resposta