Jorge Viana, como vice-presidente do Senado, suspendeu os trabalhos em plenário

Perante o impasse sobre o afastamento (ou o não-afastamento) de Renan Calheiros, o vice-presidente da Casa, Jorge Viana, assumiu a cadeira principal da Mesa Diretora e anunciou, no início da tarde desta terça-feira (6), o cancelamento de qualquer atividade no Plenário do Senado para o dia. Ele cancelou as votações e até mesmo a sessão de discursos que deveria ocorrer, informa o Congresso Em Foco.

Há poucos minutos, a Mesa Diretora do Senado emitiu um parecer negando o pedido de afastamento de Renan, alegando que a decisão do ministro Marco Aurélio Melo foi irregular e que não há previsão constitucional. O Senado aguardará parecer do STF e a defesa do senador.

Anúncios

Deixe uma resposta