Vergonha: Folha de São Paulo tenta esconder protestos de cubanos contra Fidel

Mais um episódio de vergonha para a Folha de São Paulo: depois de tentar criminalizar os movimentos democráticos que pediram a saída de Dilma Rousseff e prisão de Lula pelos crimes praticados pelo Partido dos Trabalhadores, o jornal resolveu esconder a rejeição dos cubanos ao ditador comunista Fidel Castro. No Twitter, a Folha postou a foto da passagem do cortejo de Fidel pelas ruas de Havana. Detalhe: a imagem estava recortada e borrada para esconder os cubanos que deram as costas ao ditador em sinal de protesto.

folhaa.png

A imagem original foi feita pelo jornal britânico Daily Mirror. O portal chegou a publicar um vídeo em que mostra o momento em que os cubanos dão as costas para o comboio que carregava o corpo do ditador falecido.

mirros.jpg

Não é o primeiro caso em que o jornal tenta “disfarçar” que o regime se trata de uma ditadura. Quando foi anunciada a morte do ditador, o jornal chamou o comunista de “líder cubano” e de “presidente”, sendo que Cuba é governada desde a Revolução de 1959 por um partido único e sem eleições para a presidência. Castro governou o país desde então, perseguindo homossexuais, católicos, evangélicos, praticantes das religiões de matriz africana, dissidentes políticos, deficientes físicos e mentais e dissidentes políticos. Apesar disso, a Folha se recusou a falar dos crimes praticados pelo ditador que passou o poder para seu irmão Raul em 2008.

Anúncios

Um comentário sobre “Vergonha: Folha de São Paulo tenta esconder protestos de cubanos contra Fidel

  1. Então, a Sra. Dilma e o Sr. Lula, deram as costas ao Brasil, foram a Cuba, onde Democracia de estado de direito, que não existe, quando nossos irmãos Catarinenses, estavam sendo velados, essa é a cara do PT, não merecemos este tipo de atitude. Não seria mais razoável, publicação de condolências e prestigiar nosso povo, deveriam ficar por lá!!!

Deixe uma resposta