Temer levou a Renan apelo feito pela ministra Cármen Lúcia

Em entrevista concedida ao GLOBO, o presidente Michel Temer disse  levou ao presidente do Senado, Renan Calheiros, um apelo feito pela ministra Cármen Lúcia pedindo que o projeto contra o “abuso de autoridade” não fosse votado para não gerar uma crise entre os Poderes.

“Ela me ligou nestes termos: ‘Olha, temos que salvar o país, evitando essas crises’. Respondi-lhe: ‘Concordo inteiramente’”disse Temer, referindo-se a ligação que teria recebido da ministra.

Segundo conta, Michel Temer levou o apelo ao presidente do senado, mas o resultado não foi positivo: “O senador Renan Calheiros e alguns parlamentares, aos quais transmiti esse apelo, apresentaram fortes argumentos para que a matéria não fosse retirada da pauta. Eu tinha dito a eles que endossava totalmente as preocupações da presidente Cármen Lúcia. Mas eles mantiveram-se irredutíveis”.

Anúncios

Deixe uma resposta