Temer vai ao velório da Chapecoense. Não há mais risco de quebra-quebra por milicianos.

Conforme o G1, o presidente Michal Temer pousou no Aeroporto de Chapecó pouco depois das 8h45 deste sábado (3). Ele também decidiu ir ao velório coletivo na Arena Condá, conforme o cerimonial da presidência.

“Não poderia dizer ontem que iria ao estádio porque a segurança colocaria pórticos e revistaria as pessoas que entram. Só comuniquei agora para facilitar a vida de todos”, disse Temer para justificar porque confirmou apenas hoje que iria à Arena Condá e não apenas ao aeroporto.

Informações dão conta de que milícias pró-PT estavam organizando inicialmente vaias, e posteriormente atos de vandalismo. Porém, o anúncio em cima da hora, junto com medidas de segurança, reduziram o risco de quebra-quebra.

No aeroporto, Temer recepcionou, ao lado de ministros e do governador Raimundo Colombo, a chegada dos dois aviões da Força Aérea Brasileira com 50 corpos das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense. Houve seguida uma cerimônia com honras militares com participação de Temer.

“Foi um trágico acontecimento que abalou o país, abalou o mundo. Quando vejo essa chuva que está caindo aqui acho que é São Pedro chorando pela mortes desses jogadores”, declarou o presidente.

Anúncios

Um comentário sobre “Temer vai ao velório da Chapecoense. Não há mais risco de quebra-quebra por milicianos.

Deixe uma resposta