vandalismo

Dirigentes do PT são suspeitos de comandar destruição em Brasília na terça-feira

Segundo o Diário do Poder, dirigentes do Partido dos Trabalhadores podem estar diretamente envolvidos nos crimes de vandalismo, violência e terrorismo praticados por militantes na Esplanada dos Ministérios na terça-feira. Já se sabe que o protesto teve a participação de militantes da CUT, UNE, MSTS, MST e UBES (as entidades que convocaram os atos). Mas segundo a matéria, nomes diretamente ligados ao partido coordenaram as práticas criminosas.

Leia a matéria abaixo.

Dirigentes do PT são suspeitos de comandar badernaço em Brasília

Suspeita é que dirigentes do PT chefiaram a arruaça em Brasília

policarpo badernaco 29-11-16.jpg

O ex-deputado e sindicalista Policarpo (PT), à esquerda, no estacionamento de um ministério, no momento do barcernaço: a suspeita é que ele fez parte do comando.

lanche e cache do badernaco 29nov16.jpg

Na via paralela à Explanada dos Ministérios, distribuição de lanches e cachês.

 

Dirigentes do PT foram flagrados acompanhando e dando instruções a militantes, durante o badernaço realizado em Brasília na terça-feira (29), quando sete ministérios foram depredados, carros incendiados, pessoas agredidas, mobiliário urbano destruído, tudo a pretexto de “protestar” contra a PEC que limita os gastos públicos.

Servidores do Ministério das Relações Exteriores flagraram em seu estacionamento, a poucos metros da arruaça, um desses grupos de dirigentes petistas supostamente envolvidos. Foi fotografado em um desses grupos o ex-deputado Roberto Policarpo (PT-DF), que ganha a vida como sindicalista do setor público, dos mais beneficiados pelos gastos sem limites de governos petistas.

A suspeita é que grande parte dos manifestantes recebeu cachê de entidades organizadoras, como CUT, que também distribuiu lanches em vias paralelas à Esplanada dos Ministérios, onde começou a arruaça.

No vandalismo criminoso, o prédio do Ministério da Educação foi um dos mais atingidos: um grupo de bandidos invadiu o prédio, quebrou vidraças, câmeras de segurança, computadores, caixas eletrônicos, divisórias etc, provocando pânico entre funcionários.

O matéria pode ser lida na íntegra aqui.

2 comentários sobre “Dirigentes do PT são suspeitos de comandar destruição em Brasília na terça-feira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s