Augusto Nunes: “A conspiração dos corruptos será sufocada pelas manifestações de rua”

O jornalista Augusto Nunes comenta as recentes investidas da classe política contra o combate à corrupção em sua coluna na Veja. Para Augusto, “A voz das ruas dirá aos espertalhões do Congresso que o povo continua acordado”, lembrando dos protestos convocados para o dia 04 de Dezembro.

Na madrugada desta quarta-feira, enquanto a nação inteira abraçava as vítimas do horror em Medellin, a Câmara dos Deputados aproveitou a redução da vigilância para desferir punhaladas na Constituição, pontapés no sentimento da vergonha e bofetadas na cara do país que presta. Das 10 medidas de combate à corrupção endossadas por mais de 2 milhões de brasileiros, apenas quatro não foram desfiguradas por malandragens urdidas pela grande bancada dos fora da lei.

O triunfo ilusório dos gigolôs de empreiteira logo estará confirmando que medo de cadeia anula o instinto de sobrevivência eleitoral e encurta o caminho que acaba no suicídio político. Para livrar-se do perigo de despertar com batidas na porta às seis da manhã, a bancada dos fora da lei ousou desafiar a imensidão de gente exausta de roubalheira, cinismo e cafajestagem. O troco virá no próximo domingo, 4 de dezembro.

O artigo completo pode ser lido na integra aqui.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Augusto Nunes: “A conspiração dos corruptos será sufocada pelas manifestações de rua”

  1. Umas das reformas que o Brasil precisa urgentemente é do voto facultativo.
    Esperamos que os eleitores sejam informados dos deputados e senadores que estão contra as 10 medidas contra as corrupções, por Estados, para que nas próximas eleições possamos evitar as suas reeleições.

Deixe uma resposta