Renan Calheiros demonstra pânico e desequilíbrio durante golpe do Senado pela impunidade

Durante a votação do requerimento de urgência pela votação da lei golpista contra o abuso de autoridade, Renan Calheiros começou a interromper os senadores durante o tempo que eles possuem para falar.

Por exemplo durante os cinco minutos que o senador Ataídes Oliveira – pertencente ao PSDB e que se opõe ao pedido de urgência – Renan o interrompeu várias vezes.

É extremamente preocupante tal nível de desequilíbrio de Renan, sinal de que algo de muito errado está acontecendo.

Anúncios

17 comentários sobre “Renan Calheiros demonstra pânico e desequilíbrio durante golpe do Senado pela impunidade

  1. Sempre e’ bom um pouco de vergonha na cara !!! Vamos ver até onde o senado vai ter cautela … o povo esta de olho …e tem que ter
    muito cuidado com esse cara dupla
    que tomara seja afastado da função
    no julgamento de amanhã no STF.

    Curtir

  2. O Brasil não aguenta mais ver a cara desse Renan, vamos ver se nas próximas eleições nossos amigos Alagoanos se lembram disso e excluem esse individuo de sua intenções de voto.

    AMIGO E ELEITOR ALAGOANO, POR FAVOR O BRASIL PRECISA DE VOCES NESSE MOMENTO DE MUITA DIFICULDADE, NÃO VOTEM EM RENAN CALHEIROS, DEIXEM ELE PAGAR PELOS CRIMES QUE COMETEU.

    Curtir

      1. Concordo, irmão. Peço aos demais brasileiros que também não votem em Paulo Maluf, Jader Barbalho, Sarney, e mais alguns outros da Lista do Janot:

        Luiz Fernando Pezão (PMDB), do Rio de Janeiro
        Fernando Pimentel (PT), de Minas Gerais
        Tião Viana (PT), do Acre
        Beto Richa (PSDB), do Paraná
        Lindbergh Farias (PT-RJ)
        Jorge Viana (PT-AC)
        Marta Suplicy (PMDB-SP)
        LÍdice da Mata (PSB-BA)
        Marco Maia (PT-RS)
        Andres Sanchez (PT-SP)
        Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA)
        José Carlos Aleluia (DEM-BA)
        Paes Landim (PTB-PI)

        Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), ex-ministro do governo Temer

        Sergio Cabral (PMDB-RJ), ex-governador do Rio de Janeiro, atualmente preso

        Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ex-presidente da Câmara, atualmente preso.

        Duarte Nogueira (PSDB-SP), prefeito de Ribeirão Preto

        Paulo Skaf (PMDB-SP), candidato derrotado a governador de São Paulo em 2014

        Edinho Silva (PT-SP), ex-tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff, atual prefeito de Araraquara
        Anderson Dornelles, ex-assessor direto da ex-presidente Dilma Rousseff”

        Curtir

  3. É inadmissível que alguém que teria de ofício, a obrigação de legislar em favor de um todo, serve-se do poder que lhe foi outorgado para benefícios próprio e de seus pares, estribando na retórica da democracia, e causando um clamor social.

    Curtir

  4. ESSE LADRÃO, COMUNISTA, SÓ ESTÁ NO PODER, PORQUE É INDICADO DE DILMALIGNA E LULADRAO, PORTANTO, É UMA HERANÇA MALDITA DO PT!!!
    Gangaceiro dos infernos, é de Alagoas: e de Alagoas já saiu alguma coisa que presta???? Lembrem-se do Governo do então. Alagoas Collor????? E aquele Alagoas que desviou e se apoderou de 200 prêmios de jogos da loteria???? E agora, como se não bastasse, o PT DEIXA ESSA HERANÇA MALDITA, RENALHA, QUE É A MISTURA DE RENAN COM CANALHA!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s