catraca

Ministro Mendonça reage com indignação: “Depredação do MEC foi feita por criminosos”

Durante reunião com a presidente do Supremo Tribunal, ministra Carmén Lúcia, o ministro da Educação foi perguntado por jornalistas sobre os protestos contra a PEC 241/55 e contra  a MP do Ensino Médio. O ministro então foi taxativo: para ele, a depredação do prédio do MEC foi obra de criminosos.

“Foi um ato criminoso, de baderneiros que invadiram e quebraram vidraças, bancos e cadeiras e destroçaram boa parte do patrimônio do MEC, aterrorizando inclusive os funcionários que saíram às carreiras do prédio.”

O ministro ainda garantiu que não haverá leniência com os extremistas: ele prometeu que irá acionar as autoridades competentes para punir os vândalos.

“A Polícia Federal já foi acionada e cuidará da apuração sobre a ação dos baderneiros criminosos que invadiram o MEC ontem”, garantiu o ministro.

Conforme noticiamos ao longo do dia de ontem, a Esplanada dos Três Poderes foi tomada por grupos de extremistas convocados por UNE, UBES, MTST, MST e CUT. As manifestações contaram com apoio dos principais partidos da extrema-esquerda, PT, PCdoB e PSOL.

Houve tumulto, depredação e até violência: além da agressão à funcionários do MEC (cujo prédio foi invadido e destruído pelos vândalos), um policial foi esfaqueado por um dos militantes. Houve também a depredação do patrimônio histórico de Brasília, ataques a imprensa e carros depredados, virados e incendiados. A ordem para a depredação partiu dos carros de som das entidades, que mais tarde alegaram que a violência começou por parte da polícia, contrariando as centenas de imagens que circulam na internet.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s