_______________________________________________blog-11

Temer lacra e se posiciona contra terrorismo das milícias pró-PT: “intolerância não pode pressionar o Congresso”

Conforme a Folha, o presidente Michel Temer (PMDB) se posicionou sobre os atos terroristas que acontecem na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no início da noite desta terça (29), por meio de porta-voz. Segundo ele, “a intolerância não é forma de expressão democrática e não pode ser instrumento para pressionar o Congresso”.

Durante os atos das milícias pró-PT, que ocorrem desde as 16h, houve depredação de prédios e carros. A polícia afastou os manifestantes da frente do Congresso utilizando força moderada, nada mais que bombas de gás, mesmo que fossem atacados por coquetéis molotov e flechas, lançados pelos milicianos.

O Senado espera aprovar a PEC do Teto dos Gastos, que limita o orçamento do governo e evita o saqueamento estatal (e as pedaladas) nos próximos 20 anos, ainda esta noite.

Leia a nota, na íntegra:

“O presidente Michel Temer repudia o vandalismo, a destruição e a violência de um grupo de manifestantes hoje em Brasília.

A intolerância não é forma de expressão democrática e não pode ser instrumento para pressionar o Congresso.

O governo sempre esteve aberto ao diálogo e defende o direito às reivindicações. Mas jamais transigirá com atos de destruição do patrimônio público e privado.

Também a imprensa foi alvo desses ataques. A liberdade de imprensa é um valor central em nossa democracia.

O presidente lembra que a mesma Constituição que garante a liberdade de manifestação, protege também a imprensa livre. 

O país não pode ser palco de atos que só disseminam o medo e a intimidação para as famílias e os cidadãos brasileiros.”

Um comentário sobre “Temer lacra e se posiciona contra terrorismo das milícias pró-PT: “intolerância não pode pressionar o Congresso”

  1. O PT como todo partido comunista segue a cartilha da liderança: “acuse daquilo que é acusado para confundir a opinião pública”. Mas já era o tempo do PT passou esteve no governo, mas só cuidou de cartilha gay e outras besteiras, da macro-economia nem cogitou de se envolver. Agora só reclama.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s