Trump não fará acordo com Cuba a menos que Raúl Castro faça abertura democrática

O presidente eleito nos EUA, Donald Trump, disse através de sua conta no Twitter que irá colocar um fim no acordo com Cuba a menos que Raúl Castro, irmão de Fidel, não fizer uma abertura democrática.

“Se Cuba não está disposta a fazer um acordo melhor para o povo cubano, e os cubano-americanos em seu conjunto, porei um fim no acordo”, disse Trump.

Reince Priebus, futuro chefe de gabinete de Trump, disse em uma entrevista à FoxNews no domingo que o presidente esperará “algumas mudanças” para manter um acordo unilateral com a ilha, e citou temas como a repressão, presos políticos e liberdades na ilha.

Ao comentar sobre a morte do ditador Fidel Castro, Trump disse que “fará o possível para garantir que o povo de Cuba possa iniciar finalmente o caminho em direção à prosperidade e à liberdade”.

Anúncios

Deixe uma resposta