dilma-e-fidel

Dilma elogia genocida Fidel, que morreu ontem

Conforme o Estadão, a ex-presidente Dilma Rousseff chegou ao cúmulo de lamentar, em nota, a morte do ex-ditador cubano Fidel Castro, o que classificou como motivo de luta e dor.

“Fidel foi um dos mais importantes políticos contemporâneos e um visionário que acreditou na construção de uma sociedade fraterna e justa, sem fome nem exploração, numa América Latina unida e forte”, destacou ela, em nota, escondendo do público que Cuba virou um inferno de escravidão, tortura e morte.

Em ritmo de cinismo psicopático, Dilma disse ainda que “Sonhadores e militantes progressistas, todos que lutam por justiça social e por um mundo menos desigual” acordaram tristes neste sábado, 26 de novembro com a morte de Fidel, “líder da revolução cubana e uma das mais influentes expressões políticas do século 20”.

Dilma definiu o genocida como “um homem que soube unir ação e pensamento, mobilizando forças populares contra a exploração de seu povo”. O classificou ainda como um “ícone para milhões de jovens em todo o mundo”.

“Meus mais profundos sentimentos à família Castro, aos filhos e netos de Fidel, ao seu irmão Raul e ao povo cubano. Minha solidariedade e carinho neste momento de dor e despedida. Hasta siempre, Fidel!”, finalizou Dilma, sem mencionar em um momento sequer todas as barbáries cometidas pelo ex-ditador falecido.

9 comentários sobre “Dilma elogia genocida Fidel, que morreu ontem

    1. Dilma realmente não deve ser normal, Fidel deixou uma Cuba sofrida, sem justiça social e uma desigualdade igual a que ela e Lula estavam projetando no Brasil, um assassino, insensível às necessidades mais elementares de um povo, condenado por ele e seu regime ditatorial a viver à margem do progresso mundial. Jamais foi exemplo para jovens e quem quer que seja…que descanse bem, mas vai pagar muito na espiritualidade pelas atrocidades aqui realizadas! A sua fortuna agora deveria ser doada ao povo cubano, e não indeniza tanto sofrimento e atraso!

      Curtir

  1. Cada vez que vejo pessoas falando como o Paulo e o Helder , percebo que eles falam deles mesmos. O Fidel foi bom ou ruim? Para nós brasileiros, nada. E para o povo dele ? Veja o vídeo da rede globo. http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/11/comecam-em-havana-despedidas-oficiais-fidel-castro.html Sei que cada pessoa tem a sua preferencia, deve ter muito cubano que não gosta do Fidel. Mais pessoas que demonstram ódio gratuitamente e chamam quem gosta de “psicopata” , realmente não deve ter crédito.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s