dilma

O Legado Dilma: Renda dos brasileiros encolheu em 2015

Segundo resultados apresentados nesta sexta-feira (25/11) pela Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (Pnad), organizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),  a recessão que vem desde 2015, durante o governo Dilma, o brasileiro ficou mais pobre. O encolhimento médio foi de 5,4% ano passado, em relação a 2014, já descontada a inflação. Por outro lado, o rendimento médio ficou em R$ 1.845 por pessoa por mês.

A recessão começou a ser efetivamente sentida no segundo trimestre de 2014, mas o cenário se agravou ano passado. O encolhimento na renda já vinha sendo captado em outras pesquisas do IBGE, mas a queda de 2015 foi a primeira na série da Pnad desde 2004.

Todos sentiram a retração, a começar pelos mais pobres. Entre os 10% da população que têm os menores rendimentos (ganham em média apenas R$ 219 por mês), a queda foi maior, de 7,8%. Os 10% mais abastados (R$ 7.548 por mês) tiveram sua renda reduzida em 6,6% em 2015 sobre 2014.

Como todos, sem exceção, passaram a ganhar menos em 2015, não há motivos para comemorar esse tipo de queda na desigualdade. Segundo a gerente da Pnad, Maria Lucia Vieira, a redução da concentração de renda é boa quando a situação fica “mais homogênea para todos”.

“Quando todo mundo perde, fica pior para todo mundo. Piorou mais para todo mundo”, disse Maria Lucia. “O que a gente quer é igualar todo mundo no melhor”, completou a pesquisadora.

Fonte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s