alx_eduardo-paes-rj3_original

Eduardo Paes nega envolvimento com Cunha e Zelada

O atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, depôs para o juiz federal Sérgio Moro. Em seu depoimento, ele negou ter participado de qualquer reunião com Eduardo Cunha ou com o ex-diretor da Área Internacional da Petrobrás, Jorge Zelada, em 2010.

Segundo a Veja, Paes depôs por videoconferência a Moro. Cunha, que está preso preventivamente desde 19 de outubro, acompanhou o depoimento do prefeito ao lado de seu advogado, Marlus Arns, na 13ª Vara Federal de Curitiba.

O suposto encontro, citado na denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Cunha, teria sido marcado para discussão de detalhes da compra, pela Petrobras, de um campo de petróleo no Benin, na África, que pertencia à Companie Beninoise des Hydrocarbures Sarl (CBH). O contrato teria rendido propina de 5 milhões de dólares ao ex-presidente da Câmara, que é réu na Lava Jato por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

“Não tivemos essa reunião. Obviamente essa notícia veio há um tempo e na época eu fui olhar minha agenda. Nesse dia eu fiz três agendas com o deputado Eduardo Cunha. Uma visita às 10h à Assembleia de Deus na Barão de Petrópolis, no Rio Comprido, perto do Centro, depois visitamos o Conjunto Urucânia, em Paciência, na Zona Oeste, e depois estivemos na Pavuna”, enumerou o prefeito carioca.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s