migr

Migrantes europeus incendeiam centro de refugiados causando prejuizo milionário porque acabaram a Nutella e doces

Um galpão que estava sendo usado como centro de refugiados, em Dusseldorf, na Alemanha, foi incendiado porque os migrantes lá estabelecidos estavam irritados com a falta de Nutella e doces. O edifício foi completamente destruído no incêndio, o que causou um prejuízo estimado em 10 milhões de euros.

Dois homens foram acusados de incêndio, provocando uma emergência que deixou 26 pessoas feridas. O jornal alemão Das Bild revelou que os grupos estavam enfurecidos quando a distribuição da Nutella e a confeitaria não estavam abertos depois do anoitecer, apesar de estar disponível durante o dia.

As refeições no centro foram canceladas devido ao Ramadã, quando os muçulmanos não comem durante o dia. Os manifestantes gritaram: “Não há Nutella, doces e chocolate”, informa o jornal. Olaf Lehne, chefe de distrito da Cruz Vermelha Alemã, disse que os migrantes incendiaram o corredor com raiva. Os dois acusados foram o argelino Adel D, que é acusado de incêndio agravado e dano físico, e o marroquino Mohammed B. Este último, por diversas vezes, tentou incitar os outros para iniciar o incêndio. O grande incêndio destruiu o centro – lar de 280 refugiados.

As equipes de emergência trataram 25 pessoas por envenenamento por fumaça. Desde o início do ano, a polícia foi chamada 89 vezes para resolver incidentes neste mesmo galpão.

Fonte

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s