cabral

Escutas revelam: O grupo de Sério Cabral sabia com antecedência sobre as prisões e operação da PF

Escutas telefônicas da Polícia Federal, divulgadas pelo RJTV, da rede Globo, revelam que o grupo de Sérgio Cabral sabia com antecedência de sua prisão, ou pelo menos conhecia o risco disso acontecer.

A conversa entre Wagner Jordão Garcia, ex-tesoureiro do PMDB, e Luís Rogério Gonçalves Magalhães, que já foi secretário de Anthony e Rosinha Garotinho, aconteceu três dias antes da prisão de Cabral.“A fatura do Leblon já está feita”, dizem eles, fazendo alusão à Cabral, que mora no bairro. Garcia diz: “Meus Deus do céu, cara! É, vamos ver como é que vai ser isso aí, porque dizem que a qualquer momento tá para estourar, né?”. E Magalhães diz que “O Leblon já foi para o vinagre!”.

Um comentário sobre “Escutas revelam: O grupo de Sério Cabral sabia com antecedência sobre as prisões e operação da PF

  1. Nem vale mais a pena ficar falando desta quadrilha. Cada dia fica mais transparente o objetivo de cada um deles. Quanto e esse ladrão, em especial, deveria ficar eternamente mofando em Bangu 8 mas no meio dos outros presidiários e não mo bem bom como está.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s