chico-boarque

Autoritário, Chico proíbe Roda Viva de usar sua música por conta de entrevista com Temer

O cantor Chico Buarque de Hollanda retirou da TV Cultura o direito de utilizar sua música Roda Viva como tema do programa de entrevistas do mesmo nome, atração que vai ao ar às segundas-feiras há mais de trinta anos. O motivo foi uma entrevista com o presidente Michel Temer do dia 14. Para a maioria dos formadores de opinião alinhados com a extrema-esquerda, era inaceitável que o programa entrevistasse um presidente “ilegítimo”, de acordo com o que diz a falsa narrativa do Partido dos Trabalhadores.

Militante de extrema-esquerda filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Chico já havia sinalizado antes que iria retirar a autorização. Foi quando a TV Cultura escalou o jornalista Augusto Nunes (da revista Veja) para substituir o jornalista Heródoto Barbeiro. Apesar do rodizio de apresentadores ser comum, a extrema-esquerda criticou o fato de terem escolhido um apresentador crítico ao PT para mediar as sabatinas do programa. Ao site de extrema-esquerda Jornalistas Libres, a assessoria do cantor disse que “Ele tem um certo desconforto de ver a música dele em um programa que, nas últimas edições e já há algum tempo, é bastante diferente e desvirtuado do programa original, ele sente.”

Não é a primeira vez que Chico se comporta de maneira autoritária. Em março deste ano, o cantor censurou o uso de suas obras na peça “Todos os musicais de Chico em 90 minutos”. O motivo foi o ator e produtor Claudio Botelho usar o final da peça para fazer críticas ao governo Dilma Rousseff, às vésperas do impeachment da ex-presidente. Na ocasião a polêmica foi a mesma: militantes de extrema-esquerda reclamaram de que “o ator e produtor golpista” estava “desvirtuando o trabalho de Chico”. Menos de vinte quatro horas após a polêmica, Chico proibiu o autor de usar suas obras na peça e em qualquer outro trabalho futuro.

14 comentários sobre “Autoritário, Chico proíbe Roda Viva de usar sua música por conta de entrevista com Temer

  1. Presidente ilegítimo porque, agora é esse tal de Chico que escolhe o Presidente não é mais a Sociedade Brasileira?
    Os Brasileiros apoiam o Presidente Temer e torce para que ele dê certo e conserte as ASNEIRAS QUE AQUELA IMCOMPETENTE FEZ.

    Com relação a tirar a música da abertura do Roda Viva, QUE PENA era o único lugar onde ainda se ouvia música desse sujeito.

    Curtir

    1. Cara esse seu preconceito ideológico deve ser contagioso é muita estupidez num único site … A música é DELE , então ele está no seu direito. Mas como vocês são dissimulados preferem atacar as opiniões partidárias dele. Covardes bancados pelo dinheiro do MBL !!!

      Curtir

    2. Esse Chico e mais uma meia dúzia que se dizem ter sido a linha de frente para essa política `democrática`, ou o fim da ditadura e censura, pra mim é um fascista com ideologia de interesses próprios ou de seus companheiros. Hoje ele é autoridade para proibir ou tirar a liberdade de uso de sua música para um programa de televisão, e poque não poderiam censurar suas palavras em música, livros ou qualquer que seja suas composições. Ele é o tipo, faça o que digo mas não faça o que eu faço.

      Curtir

  2. COMO MÚSICA DELE, SE ELE MESMO DISSE QUE NÃO É COMPOSITOR COISA NENHUMA QUE COMPRA MÚSICA, QUE UM TAL DE MOHAMME
    D ESTAVA DANDO TRABALHO, QUE SÓ ENTREGOU UMA PARTE DA MÚSICA E QUERIA MAIS DINHEIRO PARA ENTREGAR A OUTRA PARTE! QUEM TIVER VENDIDO MÚSICA PARA ÊLE E CONSEGUE PROVAR, ENTRA NA JUSTIÇA…..

    Curtir

  3. Chico é um grande compositor, um poeta, um escritor. Aprecio sua obra. Nunca o conheci como pessoa.
    Agora ele tem mostrado um pouco mais da pessoa. E tem mostrado justamente um lado muito antipatico!!! Uma pena…..

    Curtir

  4. Kkkkkk… Os colunistas desse folhetim vomitam asneiras e quando penso que a matéria representaria o máximo das besteiras acabo me surpreendendo com os comentários. Não sei nem pq me impressiono!

    Fulano que falou que os brasileiros apoiam o ilegítimo, em que pesadelo vc viu isso???? Os golpistas não tão conseguindo nem comprar os institutos de pesquisas que sempre atuarem em favor da direita.

    A música é dele e tem todo o meu respeito por proibir o mal uso!

    Ninguém ouve mais Chico? K-k-k Os que não devem ouvir são só os comprados desse movimentozinho que preferem se iludir aprendendo gritinhos de fora pt

    Curtir

  5. Autoritário? Cesurou? E o direito à propriedade? A música é dele e só a ele cabe decidir em que programas ou espetáculos deve tocar. Achei que a defesa da propriedade privada era o alicerce do libertarianismo.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s