marcos

Reincidente, Professor que sugeriu degolar quem não votou na esquerda agora pratica racismo contra aluno contrário a invasão

 

Mais um caso de racismo e discurso de ódio por parte de educadores alinhados com a extrema-esquerda. Desta vez foi na Universidade de Brasília, onde o professor de Letras Marcos Bagno atacou Bruno Henrique de Moura em sua página por conta dos posicionamentos do aluno contra a invasão da Faculdade de Letras.  Os posts podem ser lidos abaixo.

Clique na imagem abaixo para ampliar.

bagno.png

É bom lembrar que Marcos Bagno é reincidente. Em Outubro ele havia declarado que os eleitores que não votaram nos partidos de extrema-esquerda mereciam ser degolados. Noticiamos o caso aqui.

marcos.jpg

O representante da chapa Apocalipse Neoliberal publicou uma nota de repúdio contra as declarações racistas de Marcos Bagno (o texto pode ser lido abaixo). Marcos é frequentemente denunciado por sua postura truculenta e pela perseguição que promove contra os alunos que não se submetem às suas tentativas de doutrinação. A Universidade de Brasília ainda não se pronunciou se vai punir o professor.

[NOTA DE REPÚDIO A MARCOS BAGNO, PROFESSOR DO INSTITUTO DE LETRAS]

por Raphael Frinhani

Quando eu entrei na Universidade, sempre gostei do espaço plural de ideias e de pessoas. O que eu realmente não esperava era que, em toda minha vida eu não havia passado por tantos casos de racismo como passei depois de entrar na UnB, e justamente por pessoas que dizem “defender os negros”. Sempre militei pelas ideias que acredito, participo de grupos como Distrito Liberal e recentemente a Chapa 3. Acho que a ideologia de extrema-esquerda leva a pobreza e subdesenvolvimento, fui contra o desastre que foi o governo Dilma e a favor do seu impeachment.

Já nessa eleição, quando participei do debate no UDFinho como membro da Chapa 3, uma das pessoas da plateia falou que eu era “muleta de branco” por não estar na chapa de esquerda. Eu tive que fingir que não ouvi na hora, mas foi registrado em vídeo que guardarei como lembrete de que ainda existe gente por aí que quer falar por mim só por causa da minha cor de pele.

Eu nunca vi um branco ser chamado de “traidor de raça”. Nunca vi gente dizendo para um branco que ele envergonha a própria raça. Muito menos dizendo esse tipo de coisa porque discorda da opinião de um branco. Então porque a esquerda quer tratar os negros como um coletivo se trata brancos como indivíduos? Eu tenho o DIREITO de ser tratado como o meu próprio “eu” também.

Quando gente como esse “professor” Marcos Bagno faz um texto expondo (com letras garrafais para o nome completo) um estudante negro na Universidade só porque ele não concorda com a ideologia de esquerda do professor, eu juro por Deus que eu não sei como me sentir. Já vi muita gente gritando “racismo!” quando eu achava que não tinha racismo nenhum. Mas o que o professor Marcos Bagno fez foi expor, ridicularizar e humilhar um estudante negro por ele ser negro. Marcos Bagno, aos meus olhos, você é um racista imundo.

Eu odeio gente como você. Para esquerdistas como você, a escravidão não teve fim. O negro pra você não é um indivíduo consciente que com sua experiência e ciência é capaz de formular suas próprias opiniões. É um objeto. Eu desprezo seu discurso e eu desprezo tudo que você representa. Eu não sou obrigado a seguir sua ideologia insana. Você é doente. Você tem problemas não-resolvidos muito graves de acordo com seus posts no facebook. Eu acho que você devia pegar um avião, ir para a ilha de Cuba com a medicina *modelo* de lá e passar os últimos 30 anos da sua vida (to sendo otimista) fazendo tratamento psiquiátrico. Todo mundo ganha. A UnB ganha, os estudantes ganham, você ganha. Talvez não os cubanos que vão ter que conviver com você. Mas eles já estão acostumados a lidar com esquerdistas autoritários e psicopatas.

Att,
Raphael Frinhani

PS: Bruno, QUALQUER COISA que você precisar, saiba que tem nosso apoio. Espero sinceramente que você entre na justiça.

14 comentários sobre “Reincidente, Professor que sugeriu degolar quem não votou na esquerda agora pratica racismo contra aluno contrário a invasão

  1. Me diz, por ele expor idéias racistas, não cabe por parte do Bruno um processo em cima deste professor, não só por racismo, mas por injúria, e etc? E a faculdade e também o ministério estadual que cuida da faculdade estão se omitindo aí, pois por um professor ter uma postura como esta se mostra totalmente incompatível com um mestre, como um exemplo para aqueles que ele ensina. Evidentemente cada pessoa tem um política á seguir, tem ideologias próprias, mas que um estão ducado deve manter para si, pois cada indivíduo tem aquele que orienta de forma familiar, embora a partir de que a pessoa tem plena consciência, por si mesma ela passa a optar em suas escolhas. No entanto, o estaoducadorducador deve simplesmente repassar aos seus alunos apenas o saber, apenas o que sua apostila escolar, por assim dizer lhe manda passar. Um educador pode até informar sua ideologia, desde que seja como informação, mas nunca tentar fazer disso uma imposição do que seus alunos também devam pensar. Exemplo, um professor não impõe á seus alunos suas ideologias religiosas, não os tenta doutrinar nesse aspecto, religiosidade fica a cargo da família, e evidentemente ao próprio estudante, se ele quiser mudar com sua maioridade. Isso se reflete a todo o resto que não seja a matéria que o professor tem de passar. Não é isso que vemos esse professor fazer. Ademais ele vem pregando violência, ora essa, se uma pessoa faz apologia de um crime é presa não é? O que é que esse professor está fazendo? E aqueles que não abraçam ele faz terrorismo psicológico, esculhamba com esse aluno, comete crime de várias maneira e a faculdade ainda verá se vão punir ele? Né a faculdade, nem o ministério da educação? Valeu!!!!

    Curtir

  2. A Escola da rede municipal de Chapecó chamado Victor Meireles é uma ZONA, onde inclusive a “diretora” Juliana Oliveira acoberta pilantragem tudo isso com a secretaria municipal de educação de Chapecó acobertando. Graças a imbecis como essa gente o ensino publico não evolui,pois certos agentes públicos usam o poder do cargo para insultar,ameaçar. O pior de tudo,a autoridade municipal nada faz!

    Curtir

  3. Não reclamem dele, não denunciem, apenas repliquem tudo que ele diz e reforcem o direito dele de dizê-lo, pois tudo depõe contra ele mesmo. Caras como ele podem acabar com a esquerda no Brasil muito mais fácil do que qualquer opositor. [E aquele velha máxima: deixe a esquerda falar que ela se complica sozinha. Coitado, é apenas um professor de letras tentando entender política, tão bom quanto eu falando sobre cálculo estrutural, nunca pisei na engenharia. Mantira, o pão de queijo d acantina da engenharia era o melhor da universidade.

    Curtir

  4. Muito me admira um cara que se diz educador achar que todos têm de seguir sua linha de raciocinio, cada qual deve seguir o que sua consciência manda. Ideologia politica, religião, viver em sociedade, viver só, ser um eremita, problema de cada pessoa. Forçar a barra e depois posar de democrata! O cara se manca tu não e o dono da verdade. Vai se catar. Comunistinha de merda.

    Curtir

  5. Absurdo, um lixo desses ministrar aulas, alguém por favor, encaminhe esse texto ao Ministério Público Federal, façam a denuncia anônima se preferirem, mas não deixem esse esquerdopata sair impune, homem horrível por dentro e por fora, me causa repulsa esse comunista, denunciem!!!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s