palocci

Palocci é suspeito de ter favorecido JBS em empréstimo bilionário com o BNDES

Preso há dois meses em Curitiba pela Operação Lava Jato, Antonio Palocci terá mais um problema com a justiça: segundo informações obtidas pela revista Veja, o ex-ministro está sendo investigado por ter ajudado o frigorifico JBS a obter empréstimos milionários do Banco Nacional de Desenvolvimento, o BNDES.

As suspeitas vieram depois que a Polícia Federal e Ministério Público se debruçaram sobre os pagamentos recebidos pela Projeto Consultoria Empresarial e Financeira, de Palocci. Ele recebeu R$ 2 Milhões da JBS entre os anos de 2009 a 2010 por supostos serviços de assessoria  e análises das “perspectivas do mercado de carnes de frango” nos Estados Unidos. Foi quando a JBS recebeu um investimento de 3,5 bilhões de reais do BNDES.

Vale lembrar que a JBS está envolvida também com negociatas com o ex-deputado Eduardo Cunha, conforme apontado pela força-tarefa da Operação Sépsis, por meio de empréstimos fraudulentos com a Caixa Econômica Federal. O frigorifico também é suspeito de doações fraudulentas para a campanha de Dilma Rousseff, que teria sido pagamentos por conta de vantagens no Carf. Procurado, o advogado José Roberto Batochio (que também defende Lula), negou qualquer suspeita de irregularidade nos contratos entre a consultoria de Palocci e a JBS. Segundo os investigadores da Operação Lava Jato, Palocci possui mais de R$ 1 Bilhão em contas no exterior.

rasgado-ipl.jpg

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s