Lula lança ameaça ditatorial: “Quem me acusa vai ter de pedir asilo”

Durante um Congresso de Professores aparelhados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva emitiu mais um de seus discursos delirantes nesta quarta-feira (23).

Lá pelas tantas, emitiu as famosas narrativas se dizendo um “injustiçado” e “perseguido” pela Polícia. Em suma, a mesma farofa de sempre.

Mas a inovação está no final do discurso: “Mas eu não tenho medo. Já estou processando o Moro e um delegado da PF. Não vou sair do país, nunca vou me exilar. Um dia, quem vai querer se exilar desse país é quem está contando todas essas mentiras sobre mim”.

Ameaçar as pessoas de exílio – ou ao menos de ter motivo para se exilarem – é típico de ditadores.

Anúncios

6 comentários sobre “Lula lança ameaça ditatorial: “Quem me acusa vai ter de pedir asilo”

  1. Seguramente eh o que ele ira fazer. Todas as vezes que afirmou algo, como o exercito do Stedile e muitos outros devaneios, nunca se tornaram realidade Ele tem esta mania de negar o que eh liquido e certo… isso de chama realidade ao avesso. Anotem…ele saira do Brasil fugido!

  2. O canalha sabe que está com os dias contados. A delação premiada da Odebrecht, com a planilha “Amigo”, onde era contabilizada a proprina que ele recebia da empreiteira, será a pá de cal em cima desse fascinora chefe de quadrilha!!! Vai fugir sim, e vai viver dos milhões e milhões reais que ROUBOU do povo brasileiro!!!

    #Lula_na_cadeia

  3. Muito cara de pau, ainda tem a petulância de falar e ameaçar um homem digno que está defendendo o povo. Mau caráter, dissimulado, safado um bom fdp.

Deixe uma resposta para Cláudio Luís Cancelar resposta