camara

Deputados tentam manobra para esconder voto contrário ao relatório das Dez Medidas contra a Corrupção

Um grande acordão está em andamento em Brasília: para se esconderem da opinião pública, deputados federais de quase todos os partidos estão tentando jogar a votação do relatório do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS)  sobre o pacote das Dez Medidas contra a corrupção seja apenas “simbólica”, ao invés de nominal. Os parlamentares que se mobilizam em torno deste conluio consideram que desta forma evitarão desgaste político com seus eleitores, uma vez que não se saberá como cada um votou.

A votação simbólica funciona de maneira bem simples: o deputado que preside a votação solicita aos contrários que levantem as mãos, pedindo que os favoráveis “permaneçam como estão”. De acordo com a percepção visual, ele irá declarar a aprovação ou não do objeto de votação. O modelo é previsto no regimento da casa, e não computa os nomes no painel como na votação nominal.

O deputado Onyx tem sido alvo de uma verdadeira caçada dentro dos corredores do Congresso, já que parte considerável dos parlamentares acha que seu relatório sobre as Dez Medidas é “pesado demais” para os políticos envolvidos com corrupção. No Dia de ontem, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) já havia sinalizado: “Do jeito que está, não passa”.

Um comentário sobre “Deputados tentam manobra para esconder voto contrário ao relatório das Dez Medidas contra a Corrupção

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s