alexandre-kalil-com-cara-de-troxa

Ministério Público pede bloqueio das contas de Kalil, prefeito eleito em BH

O prefeito eleito de Belo Horizonte Alexandre Kalil, aquele que disse em debate que “Rouba mas não pede propina”, teve quase 3 milhões em bens bloqueados pelo Ministério Público de Minas.

Sua empresa, a Erkal Engenharia, teria feito alguns “reajustes indevidos”em um contrato com o Departamento de Estradas e Rodagens do Estado para a realização de obras em rodovias, e essas irregularidades estão sendo investigadas.

Os promotores querem condenar os envolvidos por improbidade administrativa e suspender seus direitos políticos de três a cinco anos.

Um comentário sobre “Ministério Público pede bloqueio das contas de Kalil, prefeito eleito em BH

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s