Secretária-adjunta de direitos humanos de SP condena ataques racistas da esquerda a Fernando Holiday

Djamila Ribeiro, Secretária-adjunta de Direitos Humanos na gestão de Haddad, em São Paulo, condenou veementemente os ataques da extrema-esquerda contra o vereador eleito Fernando Holiday, do DEM, que é frequentemente atacado por ser negro e discordar das pautas de esquerda.

Ribeiro, mesmo que ela discorde das ideias de Holiday – o que é um direito democrático -, pelo menos condena a violência racista lançada contra ele. Confira o post dela no Facebook:

feriado

85d10e58-daad-4267-96ef-1eeba1d36cc4

Anúncios

7 comentários sobre “Secretária-adjunta de direitos humanos de SP condena ataques racistas da esquerda a Fernando Holiday

  1. Um absurdo o Jornal livre publicar isso! Ela detona, menospreza, praticmente humilha o rapaz por suas idéias, para crescer em cima do racismo! Uma esquerdista usando a retórica para aparecer! Que direitos hmanos ela representa?

    1. Como concordo , não gostei nada do que ela disse.!! E mentira ,que são só brancos , atacando.Discurso desprezível ,ela disse ? Desprezível ,por que ele quer um negro ,lutando igual a todos para ter seus direitos .Para um negro é mais difícil , é , mas não é o paternalismo que vai superar a dificuldade ,e sim ,a determinação , e a certeza de que é capaz .

  2. E uma merda dessas é do direitos humanos. Nunca vi tanta merda na minha vida.
    A primeira e segunda guerra mundial deveria ter selado qualquer tipo de dívida que as pessoas tem umas com as outras. Brancos e negros morreram aos montes para livrar o mundo da tirania nazista, a tríplice aliança no geral.

    Eu tenho que ouvir uma merda dessas. Brasil é o país mais que tem mais miscigenação no mundo. Aqui ninguém tem totalmente “raça pura” seja branco ou seja negro.

    Falou dos ataques racistas contra o Holiday mas falou muita merda. Pra mim nem deveria ser motivo de orgulho de falar “Até mesmo a extrema esquerda condenou os ataques contra o Holiday, até eles estão percebendo o racismo por parte do pessoal da esquerda”

    Mulher totalmente descerebrada essa porra

  3. Os comentários dela deixam de ter importância para mim na TERCEIRA linha, quando ao invés de usar o nome escolhido “Fernando Holiday”, ela resolve abrasileirar e chamá-lo de “Fernando Feriado”. Não é a esquerda que diz que você pode E deve escolher como quer ser chamado e os outros devem respeitar? Cadê o respeito????

    1. falo tudo, quando ela mudou o nome dele, ela mostrou que a esquerda não se importa com as pessoas, sejam elas pretas brancas ou azuis , ela se importa unicamente com a ideologia e sempre foi assim, a esquerda só respeita oque lhe convém e pronto , sua resposta foi muito boa

Deixe uma resposta