Segundo Delcídio, defesa de Lula bate em tese de vitimização por não ter como defendê-lo

O ex-senador e delator Delcídio do Amaral foi processado por Lula por “danos morais”, uma clara tentativa da defesa do ex-presidente em desqualificar a delação feita pelo seu antigo colega.

O próprio Delcídio, em entrevista dada à Jovem Pan, afirmou:

“É uma estratégia dos advogados batendo na tese da vitimização e tentando desqualificar. Nós já esperávamos esse tipo de atitude. Só que as investigações já estão muito avançadas em função da delação que eu prestei. Portanto, ‘tudo como dantes no quartel de Abrantes’. Não alterou absolutamente nada.”

Delcídio afirmou em todos os depoimentos dados à Lava-Jato que Lula foi quem deu ordem expressa para a tentativa de comprar o silêncio de Nestor Cerveró.

Anúncios

Deixe uma resposta