dilma-2

Dilma e a Odebrecht: a presidente negociou pessoalmente a propina

O empreiteiro Marcelo Odebrecht relata em sua delação que a ex-presidente Dilma Rousseff negociou diretamente com ele a propina da campanha de 2014, além de ter garantido pessoalmente os empréstimos bilionários com o BNDES. Segundo ele, fora pelo menos três encontros secretos com a petista.

É o que consta na revista Isto É, que em um determinado trecho diz:

“Marcelo pediu a intervenção de Dilma na liberação de repasses do BNDES para a construção do porto de Mariel, em Cuba, feito pela Odebrecht com financiamento de mais de US$ 600 milhões do banco de fomento brasileiro.

Dilma teria lhe prometido resolver o assunto em 24 horas”.

Ao todo, a presidente é citada dezoito vezes na delação premiada do presidente da Odebrecht.

Um comentário sobre “Dilma e a Odebrecht: a presidente negociou pessoalmente a propina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s