fernando-haddad

Maior fornecedor de campanha de Haddad pertence a réu na Lava Jato, e tem relação com caso Schahin-Celso Daniel

Mais uma complicação atormenta o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Derrotado na reeleição, o petista teve como principal fornecedor de campanha uma empresa pertencente a um publicitário que é réu na Lava-Jato. A empresa é a FSBI Eireli, de propriedade do publicitário Giovani Favieri.

 Giovani foi denunciado por lavagem de dinheiro. Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a F5BI Eireli teria prestado serviços no valor de R$ 3,5 milhões para a campanha do prefeito. Isso é equivalente a 21,98% do total destinado a fornecedores da campanha petista. A empresa foi fundada em 2013, e está sob o controle de Favieri desde abril.

De acordo com a força-tarefa da Operação Lava Jato, Favieri foi denunciado pelo Ministério Público Federal em outubro por ter recebido parte dos recursos do empréstimo tomado no Banco Schahin em nome do pecuarista José Carlos Bumlai. Parte deste empréstimo foi dado ao chantagista Ronan Maria Pinto, aquele que ameaçou implicar Lula no assassinato de Celso Daniel. O empréstimo ao PT foi “pago” quando Lula deu ao Grupo Schahin o contrato de operação do navio-sonda Vitória 10.000. Após obter este contrato com a Petrobras (cujo valor é de valor de US$ 1,6 bilhão), o empresário Salim Schahin “perdoou” a dívida do PT.

Um comentário sobre “Maior fornecedor de campanha de Haddad pertence a réu na Lava Jato, e tem relação com caso Schahin-Celso Daniel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s